sábado, 10 de abril de 2021

Prefeitura de Santa Cruz inicia vacinação contra a covid-19 para pessoas acima de 63 anos

Com a chegada de novas doses das vacinas contra a covid-19, a Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe liberou o agendamento para vacinação de idosos acima dos 63 anos, que já podem ser realizados no site oficial.

O idoso ou responsável deve preencher os dados da pessoa que irá tomar a vacina no agendamento, assim recebendo o protocolo com a data da vacinação, que ocorrerá na Quadra Cecap (Casa da Criança). No local, é necessário apresentar documento de identidade, CPF, cartão do SUS e comprovantes de agendamento e de residência do idoso.


O site para agendamento é o www.vacinasantacruz.com.br.

Pernambuco ultrapassa a marca de um milhão de vacinados com a 1ª dose

 O governador Paulo Câmara informou, por meio de pronunciamento nesta sexta-feira (09.04), que o Estado atingiu uma importante marca na vacinação, ao ultrapassar o quantitativo de um milhão de pernambucanos e pernambucanas que receberam pelo menos a primeira dose do imunizante contra a Covid-19. Ele aproveitou para destacar, ainda, a importância da continuidade da imunização para garantir o controle da pandemia. 



“Ainda temos um longo caminho pela frente, mas os reflexos da imunização nos idosos e trabalhadores da saúde já podem ser sentidos na diminuição dos índices de internação desses dois grupos”, argumentou Paulo Câmara. Na última quinta-feira (08.04), Pernambuco recebeu um novo lote com mais de 187 mil doses de vacinas, sendo 102 mil doses da Astrazeneca/Oxford e 85.400 da Coronavac/Butantan.  


No início da tarde desta sexta, todas as Gerências Regionais de Saúde já haviam recebido esse novo lote. A operação de logística, que durou nove horas, teve início às 5h e terminou por volta das 14h. Nesta 12ª distribuição, foram utilizados os modais de transporte aéreo (para Serra Talhada) e terrestre, o que permitiu que todas as GERES tenham disponíveis os imunizantes no mesmo dia. 


“Vamos continuar avançando na imunização dos idosos, dos trabalhadores da saúde e dos profissionais de segurança pública, como previsto no Plano Nacional de Imunização”, afirmou Paulo Câmara. Segundo ele, foi registrada uma desaceleração da pandemia no Estado, mas mesmo assim os patamares de contaminação seguem elevados. “É fundamental que todos continuem apostando na prevenção, para evitar a disseminação do vírus. Evite sair de casa, higienize as mãos e, sempre, sempre use máscara”, finalizou. 


DETRAN-PE: Alterações no Código de Trânsito Brasileiro começam a vigorar nesta segunda

A partir desta segunda-feira (12), a legislação de trânsito brasileira sofre modificações com a entrada em vigor da Lei 14.701/20, que atualiza o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Passam a vigorar 57 mudanças no CTB, com 46 modificações de textos, 10 novos artigos, e a revogação de um artigo inteiro. Entre as mudanças, estão a validade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de 10 anos para condutores com até 50 anos de idade, cinco anos para motoristas de 50 a 70 anos, e três anos para maiores de 70 anos (os prazos só valem para as habilitações emitidas a partir de 12/04/2021); a revogação da obrigatoriedade de aulas noturnas para tirar a primeira habilitação; a revogação do prazo de 15 dias para nova avaliação, caso o aluno seja reprovado no exame prático e teórico. Também há mudanças para suspensão da CNH, que passa a ocorrer quando o condutor somar 20 pontos (2 infrações gravíssimas em 12 meses), 30 pontos (com uma infração gravíssima) e 40 pontos (para condutores profissionais ou sem infração gravíssima).




A Lei 14.071/2020 não é um novo código, ela altera a redação final do CTB - Lei 9.503/97, como outras 39 leis já aplicadas anteriormente. A Lei traz normas gerais de circulação e conduta, como a livre circulação e estacionamento de ambulâncias ou veículos de emergência; e o transporte de crianças com idade inferior a 10 anos, que não tenham atingido 1,45m, que deve ser feito no banco traseiro, em equipamento de retenção adequado para idade. Na parte relacionada a veículos define o uso de luzes de rodagem diária, que devem ser incorporadas progressivamente aos novos modelos, e regulamenta questões ligadas ao registro e licenciamento. Aborda também condução de escolares, habilitação, infrações e penalidades, além de medidas administrativas e crimes de trânsito. As alterações abrangem também o Sistema Nacional de Trânsito, que trata das competências, formação e atribuições do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e órgãos afins.

O diretor-presidente do Detran-PE, Roberto Fontelles, considera que as modificações são importantes, pois garantem mais segurança ao condutor e ao pedestre. “A atualização traz novas possibilidades de um trânsito mais humano e seguro para todos”, atesta. Nesse sentido, o órgão está oferecendo um curso on-line de atualização para os Centros de Formação de Condutores (CFC) e aberto ao público, composto por 4 horas/aula, disponível até o dia 30 de abril, promovido pela Coordenadoria de Educação do Trânsito por meio da Gerência de Produção Pedagógica (CTP), e disponível pelo link: https://youtube.com/channel/UCh2k6cDIosPPWhPu5fd7o3w e com material didático com acesso no link: https://www.detran.pe.gov.br/educacao/informacoes-gerais/capacitacoes-e-materiais-pedagogicos.


Provas teóricas

Com as alterações no CTB, a Coordenadoria de Educação de Trânsito do Detran-PE atualizou as questões da prova teórica.

O teste possui 30 quesitos de múltipla escolha, selecionados aleatoriamente, e que devem ser respondidos em até 30 minutos. Para ser considerado aprovado é preciso acertar 70%, ou seja, 21 questões.

O acervo do teste conta com aproximadamente 2 mil quesitos. Desse total foram substituídos os pontos da legislação anterior e inseridos 52 inéditos, já com os conteúdos referentes à Lei 14.701/20. A prova teórica é destinada aos candidatos a primeira CNH, atualização para renovação (CNH vencida a mais de 5 anos), e nos casos de reciclagem. No caso de primeira habilitação, as questões abordam legislação de trânsito, direção defensiva, primeiros socorros, mecânica, cidadania e meio ambiente.

sexta-feira, 9 de abril de 2021

PSOL/PE envia nota sobre a aprovação do projeto de lei que permite que entidades jurídicas privadas possam comprar vacina e ainda abaterem o valor gasto do Imposto de Renda.

A Câmara Federal aprovou o PL 948 que permite que entidades jurídicas privadas possam comprar vacina e ainda abaterem o valor gasto do Imposto de Renda.

Na prática esse projeto de lei permite que grandes empresas ou associações empresariais furem a fila da vacinação para beneficiar seus donos, sócios e familiares. E toda essa farra ainda será na prática bancada com dinheiro público, já que eles poderão descontar isso no Imposto de Renda.

A bancada do PSOL, de forma correta, se posicionou firme e votou contra esse projeto de lei.

É inaceitável e de causar grande indignação que os ricos passem à frente na fila, enquanto pessoas pobres morrem à espera da vacina por responsabilidade da postura negacionista do governo Bolsonaro que atrasou os contratos de compra das mesmas.

 Com esse PL pessoas ricas, jovens e saudáveis podem tomar vacina antes de pessoas idosas pobres, já que a vacinação no SUS ainda não chegou aos 60 anos na maioria dos lugares.

É inaceitável também a postura da maioria dos deputados/as pernambucanos/as que votaram a favor desse absurdo ou se abstiveram. Precisam ser cobrados/as e responder pelo ataque que fizeram contra o SUS e contra a população pobre de nosso país.

O projeto de lei agora segue para o Senado. Nosso partido vai continuar pressionando para que ele não seja aprovado lá e para que a fila dupla ou a 'vacinação camarote' não se torne lei.

E vamos continuar lutando para que haja o mais rápido possível vacinação para todas e todos no SUS, com fila única, sem qualquer distinção entre ricos e pobres.

Diretório Estadual do PSOL Pernambuco
Recife, 9 de abril de 2021

Diogo Moraes celebra conclusão e entrega da Ponte Velha de Santa Cruz do Capibaribe

 Representante do Polo de Confecções na Alepe, o deputado estadual Diogo Moraes (PSB) celebrou, nesta quinta-feira (08), a entrega da reconstrução da conhecida Ponte Velha e do recapeamento asfáltico do acesso à Santa Cruz do Capibaribe, em evento on-line com o governador Paulo Câmara, a secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista, o prefeito Fábio Aragão, o diretor-presidente do Departamento de Estradas e Rodagem (DER), Maurício Canuto e a presidente da COMPESA, Manuela Coutinho Marinho.



O deputado agradeceu ao governador Paulo Câmara pelo empenho e pela sensibilidade em atender os seus pleitos na medida do possível. “Nosso sentimento é de orgulho por ter um governador que tanto trabalha pelo Agreste. Agradeço por tudo que tem feito por Santa Cruz do Capibaribe. Essas ações estruturadoras entregues hoje vão transformar a vida das pessoas, é a principal entrada da cidade, que dá acesso ao centro comercial do município. Sabemos da importância dessa obra, de garantir uma maior segurança aos usuários da via, de fortalecer o comércio local nesse momento de crise e fazer a ‘Capital da Moda’ avançar ainda mais nesse novo tempo”, disse o parlamentar.

O deputado também destacou os outros pleitos já executados pelo governo do Estado que têm transformado a vida da população e contribuído para o desenvolvimento da região. “Levamos os pedidos da população e o governo tem nos atendido. Em Santa Cruz, já entregamos grandes obras como o esgotamento sanitário, com mais de R$ 100 milhões em investimentos, além da duplicação da PE-160, uma obra de R$ 95 milhões. É por essas e tantas outras ações que a cidade tem recebido, também, importantes investimentos do setor privado, gerando emprego e renda para milhares de pessoas”, frisou. O deputado finalizou dizendo que as obras entregues hoje é mais uma etapa vencida. “Vamos seguir em frente para transformar Pernambuco”. 

As obras custaram aproximadamente R$ 1 milhão e foram executadas através do Programa Caminhos de Pernambuco, considerado o maior programa de reestruturação da malha viária da história. Atualmente, são investidos cerca de R$ 220 milhões em ações viárias, sendo R$ 74,9 milhões em intervenções já concluídas, R$ 147 milhões para obras em andamento e aproximadamente R$ 65 milhões em serviços de manutenção rotineira, executados pelo DER.







Alessandra Vieira prestigia lançamento do programa Lideralepe, em Caruaru

A deputada estadual Alessandra Vieira (PSDB) participou na tarde desta quinta-feira (08), na Câmara de Vereadores de Caruaru, no Agreste do Estado, do lançamento do Lideralepe, projeto de formação de novas lideranças conduzido pela Escola do Legislativo.

Direcionado para políticos de mandatos, líderes comunitários, estudantes do ensino Médio e Superior, o Lideralepe é uma iniciativa inédita e gratuita no Estado. "Parabenizo o presidente Eriberto Medeiros pela excelente iniciativa e expresso a minha alegria em poder participar de um projeto tão edificante. O Lideralepe permitirá não só a discussão de políticas públicas, mas o desenvolvimento de novas lideranças. Assim como, um espaço de promoção a Democracia e a escuta, sempre atenta, dos anseios da sociedade," ressaltou a deputada.

O curso contará com professores mestres e doutores da UFPE, em que abordará temas como sistema eleitoral, políticas públicas, marketing político, estratégia política, oratória, instituições e democracia. "Nossa missão é de aproximar a Casa de Lei Joaquim Nabuco do povo pernambucano, através de iniciativas que tragam mais desenvolvimento e oportunidades para todos," frisa o presidente da Alepe, Eriberto Medeiros.

Estiveram presentes no lançamento do projeto, a deputada Laura Gomes; o vice-prefeito, Rodrigo Pinheiro; o presidente da Câmara, Bruno Lambreta; os secretários da Mesa da Câmara, Leonardo Chaves e Galego de Lajes; e representando o deputado estadual Tony Gel, Tonynho Rodrigues. De forma virtual, participaram também os demais vereadores que compõem a Casa Legislativa da Capital do Agreste.




quinta-feira, 8 de abril de 2021

Armando Monteiro envia Nota de Solidariedade ao radialista Junior Albuquerque e à imprensa


Presto a minha solidariedade ao radialista Junior Albuquerque e a todos os profissionais da Rádio Comunidade FM, de Santa Cruz do Capibaribe, pela violência sofrida com a invasão aos estúdios da rádio e ameaças de agressão física feitas por apoiadores declarados do Presidente Jair Bolsonaro.

 

É inadmissível que profissionais de imprensa sofram qualquer tipo de intimidação no exercício legítimo da informar e analisar os fatos. A invasão à Rádio Comunidade é fruto do extremismo político que tantos danos tem causado ao País, e que precisa ser repudiado sempre, sobretudo nesse grave momento de crise sanitária.

 

Tenho certeza de que a imprensa de Santa Cruz do Capibaribe e região seguirá com independência, prestando relevantes serviços à população.

 

Armando Monteiro

ex-Senador

Paulo Câmara entrega a nova ponte de Santa Cruz do Capibaribe

 O governador Paulo Câmara entregou, nesta quinta-feira (08.04), a nova ponte sobre o Rio Doce, mais conhecida como Ponte Velha, que vai restaurar a ligação entre a população e o centro comercial da cidade de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste Setentrional. Na solenidade, por videoconferência, o governador destacou a importância do equipamento, reconstruído com um investimento de aproximadamente R$ 1 milhão do Programa Caminhos de Pernambuco, e falou sobre o andamento das obras da Adutora do Alto Capibaribe, que vai ampliar a oferta de água na região.



“A ponte garante o ir e vir das pessoas com segurança, dentro de uma área estratégica do município, e se soma a uma série de investimentos que o Governo do Estado vem fazendo na região, como nossos esforços na área hídrica para resolver definitivamente o abastecimento de água em Santa Cruz e municípios vizinhos”, frisou Paulo Câmara, reafirmando que, apesar da pandemia, o Estado não deixa de trabalhar para dar condições dignas de vida à população pernambucana.

Com 17,33 metros de comprimento por 9,10 metros de largura e capacidade para passagem de dois veículos, um em cada sentido, a nova ponte foi erguida em concreto armado e conta com duas passarelas, guarda-corpos e rodas para proteção dos pedestres, além de sinalização horizontal e vertical. O trabalho, realizado pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), ainda contemplou o recapeamento asfáltico do acesso ao município.

A secretária estadual de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista, explicou que a nova estrutura vai ligar a avenida Prefeito Teófanes Ferraz Torres Filho à avenida João Francisco Aragão, no perímetro urbano, beneficiando mais de 100 mil moradores. “A reconstrução desse equipamento sobre o Rio Doce vai levar mais mobilidade para o centro comercial de Santa Cruz do Capibaribe, impactando positivamente em toda a cadeia econômica local, que cresce a cada ano. A cidade, ao lado de Caruaru e Toritama, forma o triângulo das confecções no Estado”, pontuou.

Fernandha Batista aproveitou para reforçar que a recuperação estrutural das pontes é uma das intervenções propostas pelo Programa Caminhos de Pernambuco para garantir melhorias no deslocamento da população. “Ações como essa, com investimento total de R$ 20,5 milhões, estão acontecendo nos equipamentos de Itamaracá, Natuba (Vitória de Santo Antão), e no Caxito (Ipojuca). Além da nova ponte de Santa Cruz, entregamos em fevereiro a recuperação da cabeceira da ponte sobre o rio Ariquindá, na PE-72, no acesso à Praia de Carneiros, e em 2020, a Ponte de Bodocó”, ressaltou.

ADUTORA – Na videoconferência, também foi discutida a implantação da Adutora do Alto Capibaribe. A obra, executada pela Compesa, conta com investimento de R$ 82 milhões para acelerar a chegada da água da Transposição do Rio São Francisco em oito localidades do Agreste Setentrional de Pernambuco e uma da Paraíba. Serão beneficiados 230 mil moradores dos municípios de Santa Cruz do Capibaribe, Toritama, Jataúba, Taquaritinga do Norte, Vertentes, Frei Miguelinho, Santa Maria do Cambucá e Vertente do Lério, além de São Miguel, no Estado vizinho. A previsão de conclusão dos trabalhos é no primeiro semestre de 2022.

Outra iniciativa hídrica da Compesa, destacada durante a reunião, foi a expansão da rede de abastecimento das comunidades de Polispacas, São Miguel e do loteamento Cidade Alta. A ampliação está prevista para acontecer dentro de 30 dias e vai beneficiar mais de três mil moradores da parte alta de Santa Cruz do Capibaribe com a oferta de mais água nas torneiras de casa.

O Governo do Estado tem executado outras obras estratégicas de infraestrutura naquele município. Em outubro de 2019, foi concluída a recuperação e duplicação da PE-160, no trecho que liga a cidade ao distrito de Pão de Açúcar, em Taquaritinga do Norte, com extensão de 12,15 quilômetros. A iniciativa contou com investimento de R$ 95 milhões. Em 2020, a Compesa executou a primeira etapa do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) de Santa Cruz do Capibaribe, com recursos em torno de R$ 108 milhões.

CAMINHOS DE PERNAMBUCO – Lançado pelo Governo do Estado em maio de 2019, é considerado o maior programa de reestruturação da malha viária da história. Atualmente, são investidos cerca de R$ 220 milhões em ações viárias, sendo R$ 74,9 milhões em intervenções já concluídas, R$ 147 milhões para obras em andamento e aproximadamente R$ 65 milhões em serviços de manutenção rotineira, executados pelo DER.


Fotos: Sérgio Bernardo/SEI


Governo de Pernambuco adere a projeto do Unicef para oferta de cursos, estágios e empregos a jovens em situação de vulnerabilidade

 O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), aderiu ao projeto Um Milhão de Oportunidades, desenvolvido pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), em parceria com empresas, sociedade civil e Organização Internacional do Trabalho (OIT). A iniciativa tem foco nos adolescentes e jovens de 14 a 24 anos, em especial aqueles em situação de vulnerabilidade, ofertando acesso à educação de qualidade; inclusão digital e conectividade; fomento ao empreendedorismo e protagonismo de adolescentes e jovens; e acesso ao mundo do trabalho em oportunidades de estágio, aprendiz e emprego formal.



Pernambuco é o primeiro estado do Brasil a assinar o termo de adesão e, nesta quinta-feira, já mobilizou as secretarias de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude; de Trabalho, Qualificação e Emprego; Desenvolvimento Econômico e a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego para participarem de um encontro virtual com o Unicef. De acordo com a iniciativa, a meta é gerar um milhão de oportunidades nos próximos dois anos para jovens de todo Brasil.

Secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Guedes, responsável pela assinatura do termo de adesão, explica a importância de reunir forçar para fortalecer a iniciativa. “O Brasil conta com mais de 48 milhões de jovens, entre 10 e 24 anos. Mais da metade desse público sofre com diversas privações. Então iniciativas como essas precisam ser fortalecidas. Por isso, o Governo de Pernambuco se une ao Unicef para criar estratégias que possam fortalecer a oportunidade a nossa juventude”, afirmou.

 De acordo com a Gerente geral do Sistema Socioeducativo, Suelly Cysneiros, a iniciativa Um Milhão de Oportunidades conta com uma plataforma digital (1mio.com.br) para auxiliar adolescentes e jovens na busca de informações acessíveis e de qualidade sobre oportunidades e formação para o mundo do trabalho, incluindo abrangendo todas as regiões. “Essas as oportunidades poderão ser acessadas no site e no aplicativo, que vão contar comum monitoramento sobre o preenchimento efetivo de cada oportunidade pelas empresas participantes. Agora, vamos estruturar um Plano de Trabalho para estruturar a forma como a gestão estadual poderá atuar”, explicou.

 No caso de Pernambuco, o projeto também vai incluir ações para os jovens egressos do Sistema Socioeducativo e que cumprem medidas em meio aberto, vítimas de trabalho infantil e migrantes. A reunião contou também com a presença do secretário executivo de Política para Criança e Juventude, Eduardo Vasconcelos, do gerente de Políticas para Juventude, Antônio Mendes.

Pernambuco tem o primeiro trimestre menos violento em sete anos

 O governador Paulo Câmara comandou, nesta quinta-feira (08.04), mais uma reunião do Programa Pacto Pela Vida (PPV), na sede da Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado (Seplag). No encontro, foram analisados os dados referentes ao 1º trimestre de 2021, que indicaram uma redução de aproximadamente 16% no número de vítimas de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), em relação ao período correspondente de 2020. Estatísticas de março também indicam o 43º mês consecutivo de redução nos roubos e furtos no Estado.



“Tivemos uma redução expressiva no mês de março. Isso mostra que o caminho planejado está dando resultados. São famílias, comunidades, bairros e municípios que estão sendo protegidos da ação criminosa, da dolorosa perda de entes queridos. Temos de perseguir obstinadamente a segurança e a tranquilidade das pessoas”, destacou Paulo Câmara.

Considerando toda a série histórica do Pacto Pela Vida, os primeiros três meses deste ano registraram o menor número de homicídios desde 2014, quando ocorreram 828 CVLIs. Estatísticas ainda preliminares apontam para 833 CVLIs este ano – a divulgação completa será feita no dia 15 de abril.

Em relação aos Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs), Pernambuco chegou, em março, ao 43º mês consecutivo de redução. No 1º trimestre, a retração de roubos e furtos foi de aproximadamente 25% em comparação ao mesmo período de 2020. Na análise do mês de março, o recuo foi de cerca de 20%.

De acordo com o secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua, mesmo diante de um cenário econômico bastante desfavorável o Estado continua fazendo a criminalidade recuar, obtendo indicadores importantes na garantia da normalidade no dia a dia das cidades. “Casos de roubos e homicídios são investigados com rigor e os responsáveis são levados ao sistema de justiça criminal. Nosso objetivo é sempre ampliar o raio da prevenção e fortalecer a contra resposta àqueles que insistem em afrontar a lei e a paz social”, ressaltou Pádua.

Participaram também da reunião do PPV os secretários estaduais Alexandre Rebelo (Planejamento e Gestão) e Cloves Benevides (Política de Prevenção à Violência e às Drogas).

Foto: Aluisio Moreira/SEI